O valor sentimental de um vestido de noiva não pode ser medido em reais (ou dólares, ou euros!). O preço de mantê-lo guardado no armário, juntando ácaros e amarelando, também não. Por isso, listamos abaixo alguns motivos para vender o vestido de noiva – item sobre o qual muitas dizem “só usei uma vez” – e compartilhamos algumas dicas para as que decidirem fazê-lo.

Valor afetivo

O vestido – assim como todos os bons momentos atrelados a ele – estão eternizadas em fotos, vídeos e memórias não só da noiva, como de todos os que participaram do casamento. Passar adiante esse item de grande valor sentimental não é perdê-lo para sempre.

Vestido de noiva Pronovias

Pronovias modelo Kelly

Impacto ambiental

Você já pensou no custo ambiental de um vestido de noiva, com seus muitos metros de tecido, renda, bordados, cristais etc? As novas gerações estão mais atentas para o fato de que, apesar do alto valor (em muitos sentidos) de um vestido, ele pode representar a felicidade de outras mulheres.

Vestido de noiva Yolan Cris

Yolan Cris

Ele sai de moda

Sabemos que a moda vai e vem, mas você usaria o vestido de mangas bufantes da sua mãe ou avó? Apesar da perspectiva de passar o vestido de noiva para a filha ser uma ideia emocionante, as chances de ele resistir há anos de armário – e a décadas de mudanças nas tendências – são pequenas. Por isso, é melhor não esperar muito tempo depois do casamento para desapegar!

O que ter em mente antes de vender o vestido de noiva

  • Esteja certa de que realmente quer vendê-lo – é uma decisão difícil e pessoal;
  • Certifique-se de que o vestido está em bom estado – tenha cuidado no dia do casamento e, depois, lave-o em uma lavanderia especializada o quanto antes, pois isso aumenta as chances das manchas ou sujeiras saírem. Alguns defeitos pequenos (como bordados caídos, botão faltando) podem ser consertados, mas se o dano tiver sido muito grande, você não vai conseguir vendê-lo;
  • Defina o preço antes de anunciar o vestido – é possível baixar o preço depois do anúncio, mas aumentar o valor que você estava cobrando, não. E tenha em mente que dos sites de venda de vestido de casamento usado como o Usei Uma Vez cobram uma comissão (o nosso valor é de 40%) ou taxa para divulgação (não cobramos);
  • Não fique ansiosa – o vestido pode ser vendido na primeira prova ou em um ano. No Usei Uma Vez, a média de tempo para a venda dos vestidos é de seis meses.

Dicas para o anúncio

Ao colocar o vestido à venda, lembre-se do que você queria saber ao tomar a sua decisão.

  1. Informações completas: dê todos os detalhes sobre o vestido de noiva (estilista, tamanho, medidas de cintura e busto, altura da noiva e tamanho do salto que usou). Descreva o tecido e, se o vestido tiver detalhes especiais como bolso ou calda removível, por exemplo, não deixe de mencioná-los;
  2. Foto: você ficaria em um hotel que anuncia fotos de baixa qualidade, escuras e feias no site? Para o vestido de noiva, é muito importante ficar atenta à qualidade das fotos. Imagens com alta resolução e bonitas têm muito mais impacto para quem está buscando por vestidos na internet, além de permitirem que a noiva veja mais detalhes do tecido.

 

Ainda tem dúvidas? Pergunta pra a gente nos comentários!

Vestido de noiva Maison Kas

Maison Kas

Vestido de noiva Lourdinha Noyama

Lourdinha Noyama

Vestido de noiva Monique Lhuillier

Monique Lhuillier

Vestido de noiva Junior Santaella

Junior Santaella

Vestido de noiva Pronovias

Pronovias