Vestido de noiva Yolan Cris

Bled: cenário de conto de fadas

To elope, em inglês, significar fugir. “Fugir para casar” e fazer um Elopement Wedding é uma ideia que só combina com certos casais, mas tem feito cada vez mais sucesso. A possibilidade de optar por uma cerimônia intimista, que envolva apenas marido e mulher, o celebrante (e, às vezes, poucas testemunhas), chama a atenção dos que acreditam que o casamento é um pacto firmado entre duas pessoas e que bastam elas para tornar o ‘sim’ especial.

Foi o caso de Lucélia e Alexandre, que optaram por um elopement wedding em Bled, vilarejo do interior da Eslovênia, que é um verdadeiro cartão-postal. A cidade herdou o nome do lago glacial que ocupa o seu centro e que possui dois dos locais que serviram de cenário para o casamento deles: o castelo medieval (onde fizeram a cerimônia) e uma igreja encarapitada na pequena ilha natural que fica no meio do lago.

Lucélia, do @viajardeboas, está desapegando do vestido Yolan Cris que usou no casamento (e ele está à venda no Usei Uma Vez!) e nos contou um pouco sobre como foi essa experiência:

Elopement wedding de Lucélia

Escolhemos a Eslovênia porque queríamos um elopement wedding em um castelo e, então, encontramos essa opção em Bled. Vimos algumas fotos e ficamos apaixonados pelos casamentos que foram feitos lá. Vale lembrar que no mesmo local também são feitos casamentos com convidados, e que, provavelmente, excluindo os preços de passagens aéreas, o preço de um casamento em um castelo lá pode ser igual ao preço de um casamento aqui.

Quem fez todas as reservas foi a wedding planner.

Vestido de noiva Yolan Cris

Lucélia usou um vestido Yolan Cris

Organização

Foram 5 meses de planejamento para o casamento e uma lua de mel de 32 dias, que engatamos na sequência na Europa.

Tive a ajuda de uma wedding planner que fez tudo pra mim! Até o buquê e a coroa de flores ela preparou conforme havia pedido (na verdade, os que ela preparou foram mais bonitos rsrs). Ela também disponibilizou maquiadora e cabeleireira maravilhosas! Sei que foi arriscado, mas o resultado foi surpreendente, ficou muito melhor do que imaginava (cheguei ao local 2 dias antes e fiz o teste de make up com elas).

Vestido de noiva Yolan Cris

Cabelo e maquiagem super naturais

O grande dia

O dia do casamento foi super de boas, tudo dando certinho, sem stress, com muita conexão entre os poucos envolvidos: eu, meu marido, a wedding planner e os fotógrafos.

Apenas realizamos uma cerimônia simbólica com um celebrante, sem ligação a nenhuma religião. Havia a opção de fazer um casamento oficial lá, mas achamos que os custos de validação dos documentos não valeriam a pena. Preferimos oficializar o casamento em um cartório aqui no Brasil.

No dia, fomos recebidos no castelo de acordo com a tradição local. A celebração teve vários momentos, como a recepção pelos senhores do castelo. Também selamos nosso vinho com uma prensa medieval e recebemos um certificado simbólico do casamento em um pergaminho.

Tudo isso está registrado em fotos e vídeo. E confesso que adorei fazer a surpresa para a família, pois eles só ficaram sabendo de tudo por meio do nosso grupo do WhatsApp após a cerimônia.

Vestido de noiva Yolan Cris

A família ficou sabendo do casamento pelo WhatsApp

E por falar em família…

Minha família respeita muito a minha forma não muito convencional de viver a vida. Inclusive minha mãe disse que se fosse ela teria feito a mesma coisa hoje em dia! kkkkk O meu pai ficou muito curioso sobre como tudo foi feito. Como conheço bem a minha família, sabia que não haveria espaço para ressentimentos. Eles sabem que estavam em nossos corações e que foram lembrados e, sobretudo, eles valorizam todos que vão atrás de seus sonhos.

Por parte do meu marido, a impressão que tive é que também não houve decepção nenhuma, ao contrário, a sogra mostra as fotos para todo mundo que ela encontra kkkkkk. Então, sabíamos que não nos arrependeríamos pela decisão de celebrarmos nosso casamento dessa forma. E de fato, acho que acertamos em cheio ao fazermos assim!

Vestido de noiva Yolan Cris

O casamento só envolveu Lucélia, o marido, a wedding planner e os fotógrafos

Também quer um elopement wedding?

Minha dica é: se você tem vontade de fazer um elopement wedding, faça! Recomendo 100%! Posso dizer que pra mim foi um dia super gostoso, sem as preocupações e imprevistos, que são comuns nos casamentos convencionais.

O único trabalho que tivemos foi para tirar fotos, que, na verdade, não foi trabalho nenhum, porque escolhemos uma fotógrafa sensacional. Ela é premiadíssima na Europa e é a melhor fotógrafa da Eslovênia. Embora o preço dela fosse mais caro que as demais opções, ainda assim coube em nosso orçamento.

Outra coisa legal que fizemos foi um vídeo, também com uma equipe muito bacana, ficou lindo! E foi uma delícia mostrá-lo para a família quando nos reunimos, pois a edição ficou com apenas 5 minutos e prende a curiosidade de quem está assistindo. Foi um bom investimento, pois assim a família consegue viver um pouco do que nós experienciamos lá.

Desejo boa sorte a todos! E, independente da forma como for celebrado o matrimônio, que o amor e o respeito sobressaiam acima de qualquer coisa.

Quer saber mais sobre o casamento da Lucélia? Dá uma espiada no insta @viajardeboas!